Pageviews: o que fazer com as páginas mais acessadas do seu site?

Pageviews: o que fazer com as páginas mais acessadas do seu site?

Se você tem uma plataforma e-commerce, é bem provável que já tenha ouvido falar sobre pageviews, certo? Como a própria tradução sugere, o termo indica as visualizações de páginas de determinado site.

O que muita gente não sabe, porém, é que analisar as páginas mais acessadas do site é uma excelente forma de obter insumos sobre o seu negócio, e pode, inclusive, ajudar a sua empresa a vender muito mais. Pronto para descobrir como usar esse indicador a seu favor? Então, continue conosco!

Mas, afinal, o que são pageviews?

Engana-se quem pensa que as pageviews podem ser tratadas como um sinônimo do número de visitas. Enquanto o número de visitantes indica a quantidade de usuários distintos que acessaram o seu site, as visualizações da página retratam quantas vezes as páginas do seu site foram visualizadas. Ou seja, um só visitante pode ser o responsável por inúmeras pageviews.

Outro ponto interessante é que, ao contrário do número de visitas, as visualizações de páginas conseguem revelar exatamente quais áreas do seu site são as mais procuradas pelos usuários. Essa métrica possibilita que o produtor de conteúdo meça a qualidade do seu site, capacidade de retenção da visita de forma a ver quantas e quais páginas do seu site são acessadas por cada usuário. A análise desses dados pode auxiliar de forma significativa na tomada de decisão do criador do site em relação a qualidade, navegabilidade, organização e disposição de seu conteúdo.

Como usar as pageviews a seu favor?

O primeiro fator que você deve ter em mente é que as pageviews são um forte indicador do interesse que os usuários têm pelo seu site. O motivo? Simples. Ao se deparar com uma página atraente, funcional e com um bom conteúdo, o usuário se mantém motivado a navegar pelo site e, assim, segue acessando outras páginas.

Em contrapartida, quando a pessoa se depara com uma página feia, pouco funcional e com um conteúdo raso, a tendência é que a saída do site ocorra de forma quase que imediata, de modo que a passagem do visitante não se traduza em um número expressivo de visualizações.

Porém, apenas descobrir quais são as páginas mais ou menos acessadas não basta! Se você realmente quer usar as pageviews a favor da sua estratégia de marketing digital, é fundamental analisar as informações de forma conjunta e considerar, sobretudo, qual a origem do tráfego.

Confira, a seguir, três situações diferentes e saiba como lidar com cada uma delas:

1. Apenas a página inicial do meu site é bem visualizada

Se os visitantes chegam pela página inicial e vão embora sem visitar outras áreas do site, é sinal que você está desperdiçando boa parte do esforço empreendido na produção de conteúdo para as outras páginas.

Seja no design, na funcionalidade ou no conteúdo, o fato é que você precisa urgentemente otimizar o seu site e torná-lo mais atraente aos olhos dos usuários.

Deixar a interface da sua página mais amigável aos olhos do visitante pode fazer toda diferença no seu tempo de permanência na mesma e aumentam a probabilidade de exploração de outras sessões do site. Portanto, apostar em uma tipografia mais elaborada, caracterizar sua página com cores que remetam à sua marca e ao sentimento que você quer transmitir, além de inserir ilustrações que facilitem o entendimento do conteúdo, podem ser dicas valiosas para que sua página mais acessada seja apenas a porta de entrada para o seu site.

Apostar numa melhor funcionalidade e fluidez para sua principal página trará resultados na retenção do usuário. Interações com o mesmo, animações e otimização da interface da página tronarão aquele ambiente virtual mais convidativo e agradável a quem o visita.

Deixar a navegação da página mais fácil, otimizar o espaço e promover uma navegação intuitiva, fluida e funcional é essencial para uma otimização das pageviews da sua página. Apostar em botões de fácil acesso e visualização e linkar seu site às redes sociais pode ser uma estratégia importante nesse processo de otimização também.

2. Não sei o que fazer com as páginas pouco visualizadas

Se o número de pageviews de algumas páginas do seu site deixam você com vontade de chorar, é bem provável que seja hora de fazer uma boa revisão. Linkar as páginas mais visualizadas do seu site às páginas de menor número de pageviews também pode ser uma alternativa, se esse link entre as sessões for orgânico e natural. Lembre-se também de verificar e melhorar aspectos, como:

  • CTAs (call-to-actions) utilizados;
  • profundidade do conteúdo;
  • palavras-chave escolhidas;
  • títulos usados;
  • fotos e meta tags;
  • botões.

3. Não sei como otimizar as páginas bem visualizadas

O que não faltam são maneiras de otimizar as páginas que já contam com um bom número de pageviews! Além de revisar o conteúdo, os CTAs, títulos, fotos e tags, você também pode complementar o conteúdo, trabalhar com links internos e externos (o famoso link building) e promover artigos que ajudem você a gerar leads.

Conhecer o seu público te ajudará a otimizar suas páginas mais acessadas, entregando um conteúdo de maior relevância para aquele tipo específico de demanda. Isso ajudará a criar uma identidade para o site e fidelizar o seu público.

Além disso, apostar em conteúdos exclusivos pode ser um diferencial na otimização da sua página. Afinal, originalidade é um atributo que aproxima o site do seu público e confere às postagens um tom de exclusividade.

Experimente sugerir o download de algum material utilizado para captura de leads ou, até mesmo, criar um pop-up oferecendo um cupom de desconto. Certamente que, com essas ações e nossas dicas sobre pageviews, você terá sucesso nas próximas estratégias.

Se gostou deste artigo, não deixe de seguir nosso perfil nas redes sociais para ter acesso a conteúdos exclusivos! Faça uma visita no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Vamos marcar
uma conversa?


Melhorar sua performance na comunicação é o nosso desafio.

Colecionamos cases de sucesso e queremos fazer o mesmo pela sua marca.

Fale com o nosso time de especialistas.