Live Commerce: estratégia para aumentar as vendas!

Se você ainda não ouviu falar de Live Commerce, saiba que está no lugar certo e no caminho certo para aumentar suas vendas. Essa é uma estratégia que consegue unir influencers, plataformas de streaming ao vivo e e-commerce em um só lugar.

Essa é uma combinação que, com certeza, tem tudo para dar certo e, justamente por isso, vale muito a pena investir. 

Quer saber como o Live Commerce pode ajudar a aumentar as vendas da sua loja virtual exponencialmente? Então, continue a leitura!

Por que investir em Live Commerce?

Estamos falando de uma estratégia que consegue unir influenciadores digitais e marcas em um único lugar de forma online e ao vivo. Ela tem como objetivo principal aproximar o seu negócio do público-alvo. 

O Live Commerce consegue conectar aquela pessoa que precisa do seu produto à sua empresa por meio daquele influenciador que ela segue e tanto admira.

É algo mais intimista e bastante interativo. Um bate-papo descontraído de uma forma acessível e que a compra pode ser feita de forma instantânea e em tempo real.

Vamos te dar um exemplo simples que vai deixar bem mais claro o conceito de Live Commerce na sua mente. Lá nos anos 90 e 2000 existiam programas de TV ao vivo em que um apresentador usava os produtos de determinada marca e os telespectadores poderiam fazer compras por meio do telefone.

O modelo do Live Commerce é, basicamente, o mesmo. Fazendo apenas algumas adaptações ao meio digital. Por exemplo, em vez de ser um apresentador de TV é um influenciador e no lugar de um número de telefone, basta um clique na tela do smartphone para concluir a compra.

Empresas que já investem nessa estratégia

A estratégia do Live Commerce já vem sendo utilizada por grandes empresas e marcas. Por exemplo, as Americanas fizeram uma live com a Camila Coutinho para o segmento beleza.

A Shopee gosta tanto desse formato de conteúdo que possui, dentro do app, uma área exclusiva de lives do tipo. São lives para os mais variados nichos de e-commerce e produtos, abrangendo assim um grande público.

E, falando em valores, uma gigante asiática realizou um Live Commerce no qual teve um aumento de conversão em mais de 21% e 130 vezes mais vendas que o normal.

Portanto, essa é uma estratégia que, certamente, será capaz de alavancar seu negócio se feita da forma correta.

Quais os principais tipos de Live Commerce?

Da mesma forma que existiam vários tipos de programas de TV para vender produtos ao vivo, também existem diversos tipos de Live Commerce. Abaixo, listamos os principais.

Live com influenciadores

Esse costuma ser o tipo de Live Commerce mais usado porque agrega entretenimento e, sem dúvida alguma, é uma excelente opção.

E engana-se quem pensa que são necessários aqueles influenciadores mais caros do mercado. Na verdade, você pode apostar em microinfluenciadores. Eles não possuem tantos seguidores, mas têm um excelente engajamento e, no fim das contas é isso que promove uma boa venda.

Live de lançamento

São eventos online nos quais deseja-se lançar um determinado produto. É muito comum, por exemplo, para quem vende cursos. 

Também é bastante utilizado no ramo da moda para lançar novas coleções de grifes. Você também pode usar esse tipo de live para mostrar as novidades que acabaram de chegar, não importa de que nicho o seu negócio for.

Tutoriais

Muito indicado para produtos de cabelo, pele, maquiagem ou qualquer outro produto que caiba dentro da ideia de um “passo a passo”. 

Fica muito interessante também quando os seguidores já possuem aquele produto e a pessoa que está fazendo a live mostra outras maneiras de usá-lo. Lembre-se de oferecer conteúdo útil ao seu usuário independente do tipo de live que escolher fazer.

Dicas de como fazer Live Commerce

Bom, agora que você já conhece e sabe o poder que uma Live Commerce tem para aumentar os seus lucros, chegou a hora de colocar a mão na massa. Saiba como fazer uma e ter excelentes resultados.

1. Escolha a plataforma e esteja familiarizado

Esse é um ponto de grande importância, pois a plataforma será por onde a transmissão será feita. Por conta disso, é preciso saber mexer muito bem nela para não ter o risco de falhas na live ou, pelo menos, reduzir ao máximo esse risco.

Outro ponto que muitas pessoas costumam pecar aqui é o fato de buscarem a plataforma com o maior número de recursos. Porém, nem sempre é a melhor opção, pois esses vários recursos podem atrapalhar e confundir em vez de ajudar.

2. Defina bem o seu roteiro

A transmissão não precisa ser algo mecânico ou robotizado, com falas decoradas nem nada do tipo. Aliás, o melhor mesmo é que seja algo espontâneo e natural. Mas ter um roteiro bem definido ajuda e muito. Isso é essencial. 

É importante que as pessoas saibam, pelo menos, de que forma a live vai começar. Por exemplo, vai ter apresentação primeiro ou já iniciar com o uso do produto? Como será o fechamento? Terá chamadas para que as pessoas façam a compra pelo link? Há muitas possibilidades.

3. Tenha estoque suficiente

Antes de se organizar para fazer o Live Commerce e contratar o influencer, tenha a certeza de que possui estoque suficiente para vender o produto que vai divulgar. Não há nada mais frustrante para o cliente ficar um bom tempo na live e na hora de comprar, o produto, simplesmente, já acabou!

O gatilho de escassez é uma estratégia boa, mas nesse caso, pode ser um tiro no pé. Caso você não tenha produto suficiente ou que fez o pedido extra mas não chegou a tempo, deixe claro, desde o início, que o estoque é limitado.

4. Conheça bem o público-alvo

Não tem como produzir um Live Commerce que gere mais vendas se ele for criado para atingir qualquer pessoa. Além disso, tendo em mãos o público-alvo bem definido, fica mais fácil também encontrar um influenciador compatível. 

É interessante e desejável que a persona do seu negócio seja compatível com a persona do influencer contratado.

5. Ofereça condições exclusivas

Oferecer descontos especiais para quem participar da live não é só uma forma de vender mais, mas também recompensar aquelas pessoas que para oferecer ao seu negócio o que há de mais importante: o tempo delas.

Portanto, oferecer condições exclusivas é também uma forma de valorizar esse público e de gerar ainda mais relacionamento.

Outra opção também pode ser oferecer um sorteio com os participantes da live e divulgar o ganhador no final. É também uma forma de fazer com que a persona participe do início ao fim.

Sem dúvida alguma o Live Commerce é uma excelente estratégia para diversas empresas, não importando o nicho e o tamanho. Elas podem, inclusive, ser úteis até mesmo para quem oferece serviços. E, para quem tem um e-commerce, essa estratégia pode ser exatamente o que você precisava para ampliar suas vendas.